Cotidiano

Mais de 46 mil amapaenses já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19





Até essa sexta-feira, 26, o Governo do Estado distribuiu 90.252 doses do imunizante aos 16 municípios.

Até o momento, entre os grupos prioritários, os trabalhadores da saúde possuem a maior cobertura vacinal: 85,47% receberam a primeira dose e 41,12% a segunda.

Já são 46.118 amapaenses que receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus, até esta sexta-feira, 26. Entre eles, estão idosos, trabalhadores da saúde, pessoas institucionalizadas com deficiência,  ribeirinhos e indígenas - grupos considerados como prioritários de acordo com o Plano Estadual de Vacinação Contra a Covid-19.

As informações são da Superintendência de Vigilância em Saúde do Amapá (SVS) e mostram que o Estado já recebeu 91.650 doses de imunizante - sendo 75.400 doses da CoronaVac e 16.250 da AstraZeneca.

Dessas doses, o Estado já distribuiu 90.252 aos municípios, das quais 62.116 já foram aplicadas - 46.118 para a primeira dose e 15.998 para a segunda, atingindo, respectivamente, 5,34% e 1,85% da população amapaense.

O gestor da SVS, Dorinaldo Malafaia, explica que a vacinação em massa é essencial, porque, quanto maior o número de pessoas vacinadas, maior será a redução de casos graves de covid-19, o que desafogará a demanda por leitos nos hospitais públicos e privados.

"Nosso sistema de saúde é capaz de vacinar o maior número de pessoas de forma ágil e eficiente, por isso, a decisão do Governo do Amapá de adquirir mais vacinas, de forma urgente é tão importante, assim como se faz necessário que as prefeituras elaborem um planejamento correto para alcançar o público-alvo de maneira eficaz", disse.

No dia 22 de março, o governador Waldez Góes assinou contrato para compra de 450 mil doses da vacina Sputnik V. Com a aquisição, será possível imunizar 44% da população vacinável amapaense.

Confira a cobertura vacinal por grupo prioritário:

Até o momento, entre os grupos prioritários, os trabalhadores da saúde possuem a maior cobertura vacinal: 85,47% receberam a primeira dose e 41,12% a segunda.

Além destes grupos, também já foram vacinadas as pessoas com deficiência institucionalizadas. O Estado também já destinou 7.940 doses para os povos ribeirinhos (2.497 doses) e povos quilombolas (5.443).

Vacinação por município

Dos 16 municípios amapaenses, a cidade de Mazagão tem a maior cobertura vacinal em relação à primeira dose, 81,74%; seguida de Santana, 80,33%, e Amapá, 79,91%.

A capital, Macapá - que recebeu 40% das doses distribuídas - imunizou 68,93% do público-alvo com a primeira dose.

Confira a cobertura vacinal dos grupos prioritários por município:

  • Mazagão -  81,74%
  • Santana - 80,33%
  • Amapá- 79,91%
  • Ferreira Gomes- 77, 62%
  • Macapá- 68,93%
  • Itaubal - 68,22%
  • Vitória do Jari - 65,56%
  • Serra do Navio - 61,92%
  • Cutias do Araguari - 61,58%
  • Pracuúba - 60,58%
  • Porto Grande - 59,41%
  • Pedra Branca do Amapari- 58,93%
  • Laranjal do Jari - 54,42%
  • Oiapoque - 49,29%
  • Calçoene - 47,79%
  • Tartarugalzinho - 46,53%

Fonte: Portal Governo do Amapá - Andreza Teixeira - Foto: Maksuel Martins