Cotidiano

Anvisa recebe novo pedido de uso emergencial para vacina Sputnik V





As primeiras 24 horas são utilizadas para verificar se todos os documentos necessários estão disponíveis

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, nesta sexta-feira (26), pedido de uso emergencial da vacina da Sputnik V. O pedido foi feito pelo laboratório União Química, que representa, no Brasil, o Fundo Russo desenvolvedor do imunizante.

Essa solicitação de análise do uso emergencial é um novo pedido. O anterior, protocolado pelo laboratório União Química no dia 15 de janeiro, será cancelado a pedido da empresa.

A Anvisa já iniciou a triagem dos documentos presentes no pedido.

Análise

A previsão legal para a conclusão da análise é de sete dias úteis. As primeiras 24 horas serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e checar se os documentos necessários estão disponíveis. Se houver informação importante faltando, a Anvisa pode solicitar ao laboratório.

O prazo de sete dias úteis previsto para a análise não considera o tempo do processo em status de exigência técnica, que é quando o laboratório precisa responder questões técnicas feitas pela Anvisa dentro do processo.

Com informações da Anvisa