Política

“Bolsonaro entendeu novo momento da pandemia”, diz Ricardo Barros





Líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR) disse que o país terá os recursos necessários para o combate à pandemia de covid-19. O motivo seria que o presidente Jair Bolsonaro, após 270 mil mortes e um pico de quase 2.400 vidas perdidas em 24 horas por conta da doença, estaria entendendo a gravidade da doença.

"O presidente Bolsonaro entendeu esse novo momento, esse diferente momento da pandemia, e está apoiando o uso de máscaras, as medidas de controle sanitário", disse o parlamentar, durante a votação de destaques da PEC Emergencial, nesta quinta-feira (11). "E tenho certeza que, em função disso, teremos os recursos necessários para a estruturação desse combate."

O objetivo do governo, segundo Barros, é garantir a vacinação até último trimestre do ano. "Temos que vacinar toda nossa população – se correr tudo bem, até setembro ou outubro teremos todos vacinados, todos imunizados e vida normal em nosso país", comentou.

Barros discursou entre a votação de dois destaques ao texto da PEC Emergencial. Sobre a partir mais relevante do texto – que trata da liberação de R$ 44 bilhões para o auxílio emergencial, o líder do governo garantiu que uma medida provisória será emitida pelo governo Bolsonaro com valor e prazo deste auxílio emergencial, assim que o texto for promulgado pelo Congresso Nacional.

Fonte: Congresso em foco