Cotidiano

MP-AP discute medidas mais rígidas de preventivas à Covid-19 em reunião do Comitê Estadual de Gestão





A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, participou, nesta segunda-feira (8), no Palácio do Setentrião, da reunião extraordinária do Conselho Estadual de Gestão Fiscal (CEGF), conduzida pelo governador do Estado, Waldez Góes, com participação dos demais chefes dos Poderes Legislativo e Judiciário, além de gestores dos órgãos de saúde e de vigilância sanitária do Estado. Na reunião, foram debatidos temas relacionados à pandemia, com destaque para o boletim epidemiológico com pontuação que classifica o Amapá em alto risco.

“Diante dos dados do relatório epidemiológico da última semana, é necessária a adoção de medidas mais rígidas e restritivas. Apesar de o Amapá ter apresentado bons resultados no enfrentamento quando comparado às previsões da Fiocruz, por exemplo, ainda não há arma perfeita contra a pandemia, tampouco será suficiente apenas a ampliação de leitos”, destacou Waldez Góes.

Ivana Cei reforçou que o trabalho em conjunto é essencial para que o Amapá supere a crise pandêmica. A PGJ do MP-AP ressaltou, ainda, que o Governo do Amapá pode contar com a atuação do MP-AP em prol da população no enfrentamento à Covid-19, como ocorre desde o início da crise sanitária.

Sobre o Conselho Estadual de Gestão Fiscal

O Conselho debate a situação financeira e fiscal do Estado, bem como disciplina a distribuição dos recursos constitucionais entre os Poderes e demais instituições integrantes, garantindo a transparência na aplicação do dinheiro público e prestação de contas das ações desenvolvidas.

Fonte: MP-AP - Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá - Gerente de Comunicação – Tanha Silva - Núcleo de Imprensa - Texto: Elton Tavares, com informações da Ascom TJAP.