Cotidiano

Campanha + Proteção: Prefeitura realiza ação no Macapaba





A Campanha +Proteção, realizada pela Prefeitura de Macapá, foi direcionada aos moradores do Conjunto Macapaba na manhã do sábado (06). A ação distribuiu máscaras reutilizáveis, além de um complexo de substâncias que reúne vitaminas C e D, Zinco e Ivermectina.

O prefeito de Macapá, Dr. Furlan, acompanhado de uma comitiva de médicos, explicou para cada morador a importância do protocolo. “Isso não impede que as pessoas se contaminem, mas reforça a imunidade. Precisamos lutar com todas as armas possíveis”, afirmou.

O morador Mário Brito trabalha com a venda de peixes e aprovou a iniciativa. “Mantenho os cuidados sempre. Uso máscara, álcool 70% e tomo vitamina C sempre que possível. Como eu trabalho com o público, sei que estar com a imunidade em dia é fundamental”, disse o trabalhador.

Mário é dono da Peixaria do Brito, que fica localizada no Macapaba I, ele reforça que pede os mesmos cuidados aos seus clientes e que, a partir de agora, também vai incentivar o uso dos complexos vitamínicos.

Iniciativa
A ação foi coordenada pela Secretaria Municipal de Mobilização e Participação Popular e contemplou cerca de 20 mil moradores do Macapaba I e II.

“O conjunto tem muitos moradores e cada apartamento ou casa são próximas umas das outras, que é uma característica desse tipo de moradia, mas isso não permite um total distanciamento. Além disso, a maioria são pessoas trabalham e usam transporte público. Foi pensando nisso que trouxemos a Campanha +Proteção para o Macapaba”, ressaltou a secretária Rayssa Furlan.

Em campo
Uma equipe de servidores da prefeitura foi mobilizada para atender os 32 blocos que compõem o conjunto. Além deles, a ação contou com a participação do vereador Edinoelson Careca e de uma comitiva de médicos formada pelos doutores Luciana Machado, Ana Chucre, Jonatas Ferreira de Oliveira, Pedromar Valadares, Paulo Serruya, Marcos Serruya, Ednaldo Souza e Éder Favacho.
Moradores como a dona Maria do Socorro Alves, de 65 anos, parabenizaram a atitude e organização da equipe.
“Sou do grupo de risco por ser idosa e ter problemas como pressão alta, por isso, preciso reforçar minha imunidade. Mas infelizmente nem sempre tenho condições de sair para comprar esses reforços, seja pela mobilidade ou pelo financeiro. Hoje tive a oportunidade de receber complexos vitamínicos na minha residência. Muito obrigada”, concluiu dona Maria.

Fonte: Prefeitura de Macapá - Laiza Mangas - Secretaria Municipal de Comunicação Social