Cotidiano

Amapá recebe 30 concentradores de oxigênio para reforçar retaguarda contra covid-19





Na tarde desta segunda-feira, 1,  o Governo do Amapá recebeu 30 concentradores de oxigênio que foram doados pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para reforçar atendimento a pacientes com covid-19.

Os equipamentos serão distribuídos para a rede de hospital de todo estado. Por ser portátil, pode atender e ter mobilidade para mais de um município, tendo atenção nos locais com maior dificuldade. 

“Quero em nome do povo do Amapá agradecer a Organização Pan-Americana de Saúde. Esta doação é decisiva na estratégia de salvar vidas no Amapá no enfrentamento da covid-19. Vamos continuar firmes nas ações de vigilância, assistência e principalmente de imunização", afirmou o governador Waldez Góes.

A solicitação foi feita pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), através da representante da Opas/OMS no Brasil, a Socorro Gross.    

“Solicitamos à representante Socorro Groos auxílio no combate à covid no estado. Fomos atendidos pela Opas que enviou o equipamento para auxiliar na assistência dos pacientes da covid-19”, afirmou o superintendente de Vigilância, Dorinaldo Malafaia. 

Concentrador de Oxigênio portátil

O ar ambiente é composto por 21% de oxigênio (O²), 78% de nitrogênio e 1% de outros gases,  o concentrador de oxigênio capta essa taxa de O² disponível e devolve o gás ao paciente de forma filtrada e pura, possibilitando estabilizar o paciente para que mantenha a saturação em níveis aceitáveis (acima de 90%). 

“O equipamento vai manter uma sobrevida para os pacientes, possibilitando ter maior estabilidade dos níveis de oxigênio auxiliando a rede já instalada, isso auxiliará municípios que possam ter dificuldade de manter pacientes internados”, afirmou Dorinaldo Malafaia.

Fonte: Portal Governo do Amapá