Colunas

Compras do Dia das Mães movimentará R$ 30 milhões, aponta Fecomércio AP





 

A maior parte dos entrevistados afirmou comprar pelo menos um presente, e gastar entre R$ 100 e R$ 200. O local apontado como preferido para as compras foi o centro comercial da capital.

 

Uma pesquisa da Fecomércio Amapá sobre as intenções de compras para o período referente ao Dia das Mães, celebrado no segundo domingo de maio, estima que o comércio amapaense deve movimentar R$ 30 milhões. Além disso, a Federação apontou preferência de preços, locais e presentes por parte dos habitantes da capital.

De acordo com o levantamento, 81% dos macapaenses pretendem comemorar a data. Desses, 41% irá comemorar na casa dos pais, 39% na própria casa, 13% na casa de parentes e amigos, e 3% com almoço fora de casa.

A pesquisa também revelou que 75% dos macapaenses pretendem ir as compras em busca de presentes para o Dia das Mães. Do total de entrevistados, 65% pretendem levar pelo menos 1 presente, e 25% quer levar até 2 produtos, 5% até 3 presentes, 3% até 4, e 2% 5 presentes ou mais. Para a Fecomércio, esse comportamento revela que “não será apenas a homenageada que irá receber presente, pois nesta data é bastante comum presentear esposa, avó, sogra e outras mulheres do núcleo familiar”, diz um trecho da pesquisa.

Acerca dos gastos com os presentes, a pesquisa aponta que a maior parcela dos macapaenses, 33%, deseja gastar entre R$ 100 e R$ 200, outros 25% apontam o desejo de manter os gastos abaixo de R$ 100. Outro percentual menor estima que seus gastos ficarão entre R$ 200 e R$ 300, somando 16% dos entrevistados.

Já entre a preferência de presentes, 26% apontou a pretensão de compra para perfumes, 24% de peças do vestuário, 12% para sapatos e/ou bolsas, 9% de joias e bijuterias e 7% optou por flores. Os entrevistados apresentaram comportamento semelhante ao de pesquisas passadas, de comprar presentes às vésperas ou no dia da data comemorativa; neste caso, no sábado, quando 33% dos entrevistados afirmaram ir às compras.

Em relação ao local de compra dos presentes, 51% dos macapaenses disseram optar pelo centro comercial e 33% irá procurar lojas de shoppings center.

Para o setor, o Dia das Mães é a melhor data para o comércio, ficando à frente inclusive do período natalino. Por isso, a estimativa de movimentação econômica no mercado “representa um resultado positivo para o segmento que é o principal impulsionador de emprego e renda do Estado”, diz Fecomércio em trecho da pesquisa.

A pesquisa da Fecomércio foi realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC). Entre os dias 20 e 23 de abril, 500 pessoas foram entrevistadas no centro comercial de Macapá.

O Dia das Mães

No Brasil, o segundo domingo de maio foi oficializado como o Dia das Mães em 1932, pelo então presidente Getúlio Vargas. Em 1947, a data também foi incluída no calendário da Igreja Católica, a mando de Dom Jaime de Barros Câmara, então Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro. Antes disso, a data foi comemorada primeiramente em 12 de maio de 1918, pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre.

Da Redação