Política

'Bolsonaro não presta nenhum serviço ao falar mal da nossa eleição', diz Rezende





No quadro Liberdade de Opinião desta quinta-feira (7), Sidney Rezende avaliou a fala do presidente Jair Bolsonaro que, repercutindo os acontecimentos nos Estados Unidos, afirmou haver indícios de fraude nas eleições brasileiras e que ele deveria ter ganhado no primeiro turno, em 2018.

 

"O presidente não presta nenhum serviço ao falar mal da nossa eleição. Dizer que as pessoas digitavam 17 e saía 13; qual a prova que ele tem? Sem provas, o presidente voltou a falar sobre um assunto que é lamentável fazê-lo. Não há como naturalizar a posição do presidente. Todo dia ele fala absurdos ou diz coisas que não têm nenhuma razão sustentável", disse. "É o presidente, que foi eleito e a gente respeita, mas ele deve pensar muito bem no que fazer. E sobre ele ficar se metendo em briga alheia: fica em silêncio, presidente, porque é o melhor para nós e para o Brasil", disse Rezende. 

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Fonte: CNN Brasil