Política

Flávio Bolsonaro deixa cargo na Mesa Diretora do Senado





O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos/RJ) pediu desligamento do seu cargo de terceiro secretário da Mesa Diretora do Senado. A assessoria do parlamentar confirmou a renúncia, mas informou que o senador ainda não vai se pronunciar sobre o caso.

O fim do mandato de presidente da Casa, senador Davi Alcolumbre(DEM/AP), em fevereiro, já terminaria também com o mandato de Flávio. Com o pedido, entretanto, ele adiantou a saída em quase três meses.

Flávio Bolsonaro enfrenta problemas na Justiça com o "Caso Queiroz" que investiga as chamadas  "rachadinhas", esquema de devolução dos salários de funcionários do gabinete para o parlamentar, segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). O caso ocorreu quando Flávio era deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A revista Época denunciou que o senador foi beneficiado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) com a produção de relatório para instruir a defesa de Flávio na justiça. Portanto, se o caso for confirmado,  o senador pode lidar com  representações no Conselho de Ética do Senado.

Fonte: Congresso em foco