Cotidiano

Ministério da Saúde abre licitação para compra de seringas e agulhas





O Governo Federal abriu hoje uma licitação para compra de 330 milhões de seringas e agulhas que devem ser utilizadas na vacinação contra covid-19. O edital do pregão eletrônico foi registrado no Diário Oficial da União.

A licitação impõe que as propostas dos fornecedores devem ser entregues até o dia 29 de dezembro, às 9 horas.

 

Seis meses atrás, o Ministério da Economia já tinha emitido um ofício para pedir importação de seringas da China. O Ministério da Saúde não tinha se manifestado sobre isso até agora, mas prometia uma resposta até o final do ano.

Existe uma diferenciação entre os 330 milhões de kits que são necessários. A única diferença é o tipo de agulha. São 60 milhões de um tipo, 180 milhões de outro tipo, 60 milhões de um terceiro formato e 31 milhões no quarto.

O Ministério da Saúde vai dar uma entrevista coletiva hoje em que pode apresentar mais detalhes sobre essa licitação. O evento contará com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e foi organizado para apresentação do PNI (Programa Nacional de Imunização).

Fonte: UOL