Cotidiano

Chile: Igrejas são incendiadas em protestos em Santiago





Torre da Igreja da Assunção, em Santiago, desabou

A torre de uma igreja desabou depois de pegar fogo em Santiago, no Chile, neste domingo, 18, perto de onde os manifestantes enfrentaram a polícia no aniversário de um ano de protestos em massa sobre a desigualdade que deixou mais de 30 mortos e milhares de feridos.

O incêndio começou na Igreja da Assunção no início da noite depois que o prédio localizado perto da Plaza Italia, um ponto de protesto popular na capital chilena, foi atacado.

Os bombeiros chegaram ao local, mas não conseguiram parar o incêndio, que derrubou a torre da igreja. A capela dos Carabineiros de San Francisco Borja também foi alvo de ataques.

As manifestações, embora em grande parte pacíficas no início, foram prejudicadas por crescentes incidentes de violência, saques em supermercados e confrontos com a polícia em toda a capital. Ao final do dia, indivíduos mascarados bombardearam uma sede da polícia.

Fonte: Canção Nova