Política

STF decide na quinta como Bolsonaro prestará depoimento





O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar na próxima quinta-feira (8) se Jair Bolsonaro poderá prestar depoimento por escrito em um inquérito onde sua ação é investigada. O presidente da corte, ministro Luiz Fux, incluiu a análise do inquérito na pauta da sessão.

O processo é relatado pelo ministro Celso de Mello, que estará em sua última sessão pela corte – já que sua aposentadoria está marcada para o dia 13. O decano é contra a possibilidade de Bolsonaro prestar depoimento por escrito no caso onde é investigada suposta interferência do presidente na Polícia Federal.

Celso de Mello já ordenou que Bolsonaro prestasse depoimento presencialmente, com a defesa de Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e autor da denúncia de interferência.

Após o ministro Marco Aurélio Mello decidir que Bolsonaro não precisaria comparecer para depor, a decisão cabe agora aos onze ministros do Plenário do STF, no primeiro julgamento relevante envolvendo Jair Bolsonaro desde que indicou o desembargador federal Kassio Marques para uma cadeira na corte.

Fonte: Congresso em foco