Cotidiano

Cidades de ao menos 15 Estados e DF têm panelaços durante pronunciamento





Diversas cidades brasileiras registraram panelaços durante o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, nesta 4ª feira (2.jun.2021). O presidente fez autopromoção de seu governo, voltou a atacar medidas restritivas decretadas por Estados e municípios para conter o avanço da covid-19 e destacou o resultado do PIB.

“O nosso governo não obrigou ninguém a ficar em casa. Não fechou comércio. Não fechou igrejas ou escolas. […] Sempre disse que tínhamos 2 problemas pela frente: o vírus e o desemprego”, afirmou.

Foram registradas manifestações contra o presidente, com gritos de “Fora, Bolsonaro”, “genocida” e vaias em cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, João Pessoa, Maceió, Aracaju, Florianópolis, Natal, Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza, Belém e Vitória. Diferentes regiões do Distrito Federal também tiveram panelaços, entre elas Asa Norte, Asa Sul e Sudoeste.

O panelaço foi convocado pelas redes sociais depois do anúncio de que Bolsonaro faria um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, às 20h30.

Esse é o 1º pronunciamento de Bolsonaro desde a instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado, que apura as ações do governo federal e o uso de recursos da União por Estados e municípios no enfrentamento da pandemia de covid-19.

Fonte: Poder 360