Cultura

O Papa: convite à fraternidade entre os cristãos, lavar os pés uns dos outros





“Jesus nos envia para anunciar que Ele está conosco, está diante do Pai, nos acompanha; e como cristãos, sem explicitar as divisões que ainda existem, mas que não nos impedem de trabalhar juntos, caminhar juntos, lavar os pés uns dos outros”, diz Francisco na mensagem em vídeo aos participantes do encontro por um diálogo fraterno sobre o tema “Fraternidade em Cristo”, promovido em modalidade online pela Consulta Carismática Italiana e formada por católicos e pentecostais na Itália

Fonte: aimundo de Lima - Vatican News

“Queridos irmãos e irmãs, vocês têm este tempo, a Consulta Carismática Italiana. Gostaria de me aproximar, de estar com vocês, pelo menos com uma telemensagem.”

Com estas palavras, por ocasião do encontro por um diálogo fraterno sobre o tema “Fraternidade em Cristo”, promovido em modalidade online pela Consulta Carismática Italiana e formada por católicos e pentecostais na Itália, o Papa Francisco dirige-se numa mensagem em vídeo aos participantes, na manhã deste sábado, 15 de maio, em que ressalta a importância da fraternidade e do caminho comum entre as duas profissões de fé.

Um encontro de diálogo fraterno

O Santo Padre prossegue agradecendo por este trabalho que fazem há anos, todos os anos, desde a celebração em 1992 em Bari, no sul da Itália. “E hoje é um encontro que vocês estão fazendo sobre o tema da fraternidade: é um encontro de diálogo fraterno”, destaca o Pontífice.

O guia será a Palavra do Senhor: "Ide a meus irmãos e dizei-lhes (que) subo a meu Pai e vosso Pai, a meu Deus e vosso Deus", (Jo 20,17) frisa Francisco, referindo-se ao tema do encontro.

Lavar os pés uns dos outros

“Jesus nos envia para anunciar que Ele está conosco, está diante do Pai, nos acompanha; e como cristãos, sem explicitar as divisões que ainda existem, mas que não nos impedem de trabalhar juntos, caminhar juntos, lavar os pés uns dos outros: lembremo-nos de Bari. Para servir juntos”, prossegue o Papa convidando-os à fraternidade.

O Santo Padre conclui: “Uno-me a vocês e participo espiritualmente deste encontro, desta reunião. Rezo com vocês, rezo por vocês e peço-lhes que rezem também por mim. Irmãos e irmãs, muito obrigado por fazerem isto, este sinal de fraternidade. Obrigado.”